Para a Kinder, por amor

Durante o semestre, tive a missão de produzir duas reportagens fotográficas para a disciplina de Fotojornalismo. O tema de ambos os trabalhos era livre. Dez fotografias, todas com o mesmo título e cada uma com uma narrativa diferente. Sou apaixonada por pessoas e histórias. Me encanta poder contar o que existe de mais surpreendente em cada modo de ser. Não pensei duas vezes: vou para a Kinder. Duas semanas antes de entregar a primeira reportagem, enviei um e-mail para a instituição para pedir permissão. Dias se passaram e não recebi resposta. Até pensei que o e-mail pudesse estar errado.

Infelizmente, não dava para esperar. Fui para o histórico Mercado Público de Porto Alegre. Após uma tarde inteirinha lá, saiu “Personagens do Mercado”. O trabalho foi entregue. Só faltava pensar na segunda e última reportagem fotográfica do semestre. Antes que eu terminasse de elaborar alguma ideia bacana, recebi a resposta de e-mail que alegrou a minha tarde:

“Bom dia, Mariana! Tudo bem com você? Desculpa fazer contato somente agora, tivemos algumas alterações internas, o que nos dificultou o retorno. Se ainda há tempo, gostaria muito que nos visitasse e conhecesse nossa realidade. Com as crianças da Kinder, seu trabalho ficará lindo.”

Ainda havia prazo e, realmente, o trabalho ficou lindo. E as crianças… que amores!!!

Imagem

Impossível não ficar fascinada com todo o carinho envolvido no trabalho feito pela equipe da Kinder. Há 25 anos, o Centro de Integração da Criança Especial leva satisfação até a porta de cada família que confia e acredita na educação que a instituição proporciona às crianças. Cada um dos 300 alunos da Kinder, também recebem atendimento em áreas como fisioterapia e fonoaudiologia. Todas as atividades são muito bem trabalhadas para o desenvolvimento da criança.

Imagem

Eu já tinha ouvido falar da Kinder em diversos lugares pela cidade. As pessoas comentam, a mídia divulga e muitos se mobilizam para ajudar. Certo dia, descobri através do blog da Gabi Chanas um bazar beneficente de vestidos de noiva da super estilista Solaine Piccoli. Toda a renda (que não foi pouca \o/) foi revertida para a Kinder. Que bela atitude, e que maravilha foi o evento! Isso só me deu mais vontade de conhecer a instituição.

Imagem

Quem quiser ajudar a Kinder, seja com voluntariado, doações ou até mesmo uma visitinha, é só ir até o site. Lá é possível encontrar todas as informações e ainda conhecer mais sobre a história do lugar.

E as fotos seguem no Flickr que criei para postar os trabalhos da faculdade.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s