Gourmetizei: três restaurantes de Porto Alegre para quem gosta de fast food

No significado original, a palavra gourmet figura a comida da alta gastronomia, preparada com ingredientes nobres, de algum lugar específico, que, por esse motivo, custam mais caros. Nesse espaço, leia-se gourmetizar como sendo o ato de experimentar, inventar ou recriar lanches populares com um quê de requinte. Por exemplo, trocar o molho de tomate do cachorro-quente por qualquer outro molho feito a partir de qualquer outro ingrediente que não seja, claro, tomate. Mais ou menos isso.

E a gente tá amando!

Nos últimos dias, eu gourmetizei tanto que: 1) toda sugestão de lugar com comida boa que recebi me levou até um fast food gourmet em Porto Alegre, 2) estranhamente, os últimos artigos que li na internet continham títulos sustentados com o termo gourmetização e 3) contabilizei alguns quilos a mais.

 

Le Grand Burger

Le Bancon, prazer.

Tudo começou com o famosíssimo Le Grand Burger, Marquês do Pombal, 191. Hamburgueria gourmet mais recomendada por amigos que enchem os olhos (e a boca de água) para falar dos diferentes e saborosos hambúrgueres, a casa também oferece o que, na minha opinião, é a coisa mais deliciosa do local: as batatas rústicas. A simpatia dos funcionários e o ótimo atendimento são só mais um detalhe para estimular a nossa adoração pelo lugar. Além disso, a decoração charmosa e familiar torna tudo muito aconchegante.

Tem uma bike na parede!

Frank Dogs and Burgers

F3, prazer.

Como fiel apaixonada por cebolas ao shoyo que sou, parei de ler o cardápio de hot dogs já no número três. Localizado no Bom Fim, o Frank Dogs and Burgers possui uma diversidade de sabores e opções de complementos. Tudo com um preço dos bons. Mas não deixem de experimentar o Frank número três. Salsicha, cebola caramelada no shoyo, queijo mussarela, molho de tomate e mostarda. Pouca frescura e ingredientes muito bem acomodados dentro de um cacetinho.

As batatas que complementam o cachorro-quente não são rústicas, mas o molho Frank torna o acompanhamento tão delicioso quanto o do Le Grand Burger. Até o atendimento do estabelecimento é tão cordial quanto o da hamburgueria gourmet.

Pugg Hot Dog Gourmet

Cheddar, prazer.

Feliz eu fiquei no almoço do último domingo, quando o Pugg Hot Dog Gourmet mostrou ser possível acrescentar todas as maravilhas da culinária fast food em um único cachorro-quente com pão australiano: cheddar, bacon crocante, molho agridoce e cebolas ao shoyo.

É de chorar no cantinho.

Todo o ambiente é decorado com imagens do Pug Frederico, o cão de um dos sócios do estabelecimento. Desde 2013, o local oferece mais de 10 versões de cachorros-quentes, e o frequentador ainda tem a opção de escolher a salsicha de sua preferência (normal, com queijo, mostarda e coentro, tomates secos com manjericão, curry com alho, chimichurri ou soja). O Pugg está localizado no Bom Fim, e, ao meio-dia, também oferece à la minutas.

Apenas não ousem trocar o hot dog cheddar por arroz, ovo, bife e batatas fritas. No combo vem Coca.

Anúncios

Um comentário sobre “Gourmetizei: três restaurantes de Porto Alegre para quem gosta de fast food

  1. Pingback: Gourmetizando | Mariana Fritsch

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s